Brasil

Empresário comete suicídio após demitir mais de 200 funcionários

BRASIL
Empresário comete suicídio após demitir mais de 200 funcionários
PUBLICIDADE:
banner-anuncie

Ele foi encontrado morto em um dos barracões da fábrica de estofados22 JUN 2016Por CGN19h:26 Fábrica de estofados, localizada em Rio Claro, SP – Reprodução
fabrica
O dono da empresa Luizzi Estofados, que anunciou a demissão de 223 funcionários na quarta-feira passada, foi encontrado morto na manhã de segunda-feira (20), na própria fábrica, em Rio Claro, São Paulo. Segundo a PM (Polícia Militar), Luiz Antônio Scussolino, 66, estava com uma corda no pescoço. A corporação informou que o caso foi registrado como suicídio.

A PM comunicou que foi acionada após funcionários encontrarem o empresário sem vida por volta das 7 horas. Ele estava em um dos barracões da empresa, situada no bairro Jardim São Paulo. O velório e sepultamento ocorreu no cemitério Parque das Palmeiras.

Scussolino teve um princípio de infarto no mesmo dia em que foram efetuadas as demissões, justificadas por uma queda no faturamento, e foi hospitalizado, mas o quadro dele era estável. A empresa não se manifestou sobre o caso.

As informações são do UOL/Todo dia.

PUBLICIDADE:
1argamasa grudabem

Comentarios

Más popular

Arriba