Economia

Seminário discutirá a expansão da silvicultura no Showtec 2016

Seminário discutirá a expansão da silvicultura no Showtec 2016

O anúncio da abertura de novas indústrias frigoríficas e o licenciamento prévio para a instalação de 10 termelétricas de biomassa em Mato Grosso do Sul vão redefinir a silvicultura no Estado. O setor, que se restringia basicamente à produção de celulose, vai passar a fornecer madeira em larga escala para o aquecimento de granjas e para a geração de energia.
PUBLICIDADE:
FB_IMG_1450493732920-574x415
Este significativo aumento na demanda por madeira será tratado durante o seminário Mais Floresta, que acontece no dia 21 de janeiro, em Maracaju, durante o Showtec 2016. Com o tema “Biomassa para a produção de energia”, o workshop pretende atrair produtores rurais que já atuam no ramo e também os que pretendem investir, além de empresários, investidores, técnicos e estudantes.

De acordo com o organizador do seminário, Paulo Cardoso, o objetivo do evento é consolidar o potencial para atividades ligadas à silvicultura em todo o estado de Mato Grosso do Sul. “As palestras e o dia de campo irão ensinar a plantar uma floresta corretamente; a gerar energia na propriedade rural, além de discutir as novas metodologias, equipamentos e produtos que podem ajudar as empresas e os produtores rurais na geração de energia”.

O “Mais Floresta” é uma realização do Senar/MS em parceria com Paulo Cardoso Comunicações, acontece a partir das 13 horas e trará duas palestras técnicas, além de dia de campo sobre biomassa com apresentação de máquinas para produção de cavaco de madeira de eucalipto. Mais informações podem ser obtidas no site www.senarms.org.br/projetos/mais-floresta.

Sobre o Showtec

Destinado aos produtores e empreendedores rurais, técnicos agrícolas, acadêmicos, entre outros, o Showtec é uma feira anual onde são apresentados produtos e serviços ligados ao setor agropecuário, lançamentos, inovações tecnológicas, sistemas de produção, palestras técnicas e resultados de pesquisas que contribuem para a sustentabilidade do agronegócio brasileiro.

O evento é realizado pela Fundação MS e tem como principais promotores o Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), Sistema OCB/MS (Organização das Cooperativas Brasileiras) e Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul) e conta com o apoio do Sindicato Rural de Maracaju, Prefeitura Municipal de Maracaju, Sebrae/MS (Serviço Brasileiro de Apoio a Pequena e Micro Empresas), Senar MS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia do Mato Grosso do Sul), Embrapa Gado de Corte, Embrapa Agropecuária Oeste, Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, Secretaria de Estado de Produção e Agricultura Familiar, Sicredi Celeiro – Maracaju e Fundect (Fundação de Apoio do Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul).

Fonte: Famasul

PUBLICIDADE:
outdoor-strida

Comentarios

Más popular

Arriba