Economia

Prefeito eleito no domingo pode ter candidatura cassada hoje.

Prefeito eleito no domingo pode ter candidatura cassada hoje.
O candidato a Prefeito eleito em Coronel Sapucaia Rudi Paetzold, teve seu registro de candidatura a Prefeito através de uma liminar, devido seu enquadramento na Lei de Ficha Limpa, pela rejeição das contas no exercício de 2009 a 2012.
O tribunal de conta do Mato Grosso do Sul, rejeitou as contas do Prefeito no exercício de 2009 a 2012, enquadrando na lei de ficha suja, no período em que o mesmo exercia o mandato de Prefeito no município de Coronel Sapucaia.
A lei de ficha limpa determina que fica inelegível candidato que tiverem suas contas rejeitados pelo TCE/MS.
O STF fixa regra para que só vereadores tornem prefeito inelegível por contas, ou seja, só uma câmara de vereadores pode tornar inelegível um Prefeito que teve suas contas rejeitadas por um tribunal de contas.
Hoje terça feira 04 de outubro, será julgado a liminar nº 1408694-31.2016.8.12.0000 que enquadra o Prefeito eleito Rudi Paetzold na Lei de ficha Limpa, sendo que, no exercício de 2009-2012, o TCE/MS rejeitou suas contas, sendo também homologada pela Câmara de Vereadores, deixando-o inelegível conforme as regras fixadas pelo STF “só vereador torna Prefeito inelegível por contas” fato que ocorreu no município como acima já mencionado.
O prefeito eleito empolgado com a sua vitória, anuncia que já investiu grande soma para registrar sua candidatura, e se preciso for, disponibilizara parte de sua fortuna para conseguir recursos que lhe de o direito de permanecer no cargo por 4 anos, como já ocorreu no mandato anterior, quando exerceu o cargo de Prefeito, beneficiado por uma liminar que até hoje não foi julgado.

Comentarios

Más popular

Arriba