Economia

Pequenos e médios empresários: ou vocês acordam agora, ou serão sufocados!

Marco ASA – jornalista, publicitário e escritor. Contatos pelo e-mail [email protected]

Flávio Rocha, presidente do grupo que é dono da rede de varejo Riachuelo, arrependeu-se de apoiar o golpe que tirou do poder a presidente Dilma. Ele foi um dos apoiadores maiores do golpe. Disse, há dois dias, “que achavam que Dilma era culpada de tudo”. Hoje disse que não foi bem assim.

Ele, como um dos maiores empresários do Brasil, já se arrependeu. Seus lucros caíram, com a saída de Dilma, 44%, e vão cair mais…
PUBLICIDAD:

Se um megaempresário, que tem acesso a todo tipo de crédito, arregou, o que dirá o pequeno empresário, dono de uma pequena loja de material de construção de periferia. Aliás, este tipo de negócio cresceu apoiado justamente num tipo de política econômica nascida com o PT, que era a distribuição de renda, ou seja, fazer o pobre ter dinheiro suficiente para construir um quarto novo na casa, ou botar piso e azulejo no banheiro. O atual (des) governo e o modelo econômico do PSDB (que articulou o golpe desde o começo) quer que você, empresário de periferia, se dane, morra. Ele valoriza o setor bancário, os grandes players da indústria e o dinheiro estrangeiro.

Prova disso é que, na época de FHC, pobre (ou mesmo classe média baixa) não tinha acesso ao crédito, a fome era generalizada (e era tão normal que nem era notícia) e os atuais pequenos e médios empresários não tinham mercado nas periferias.

Até mesmo as montadoras de veículos se arrependeram do golpe. Sua venda recorde de alguns anos atrás se dava justamente por uma nova classe consumidora, que tinha coragem de parcelar a compra de um carro a perder de vista e acesso ao crédito. Acabou. Vamos continuar com os mesmos dois milhões de compradores de carros zero por ano… e para o governo golpista e PSDB de Aécio e FHC, tá bom.

Não se engane achando que é ideologia política de esquerda. Quando se fala em neoliberalismo, dizemos que você, dono de mercado de vila, loja de material de construção de periferia, dona de salão de beleza do bairro, dono da padaria da esquina, não tem importância para o modelo de economia que quer terceirizar, privatizar, vender pra estrangeiro. Eles não compram no seu comércio e estão obrando e andando para o que acontece fora dos condomínios fechados.

Aliás, eles querem que você deixe de ser “besta” a ponto de querer o próprio negócio e volte a trabalhar para eles, ganhando pouco, se aposentando na hora da morte e sem direitos. Eles te querem como engrenagem. E, te enganaram tão bem com apoio da mídia (principalmente a Globo) que você acredita que se livrou do “demônio” PT.

Por tanto, caro micro e pequeno empresário: Acorde ou vai ter que voltar a bater ponto!

APP GRUPO CAPITANBADO
PUBLICIDAD:

Baixe Agora! Grupo CAPITANBADO.COM lança seu App de notícias!!
O GRUPO CAPITANBADO.COM inicia o ano de 2017 querendo deixar o leitor cada vez mais próximo da informação.
Baixe o App agora mesmo! Leia e navegue com rapidez pelas notícias do grupo CapitanBado.Com
CLICK AQUI E FIQUE CONECTADO 24 HORAS. http://www.grupocapitanbado.com/apps

Comentarios

Más popular

Arriba