Economia

Para onde vai o preço do milho

Com produção menor e demanda aquecida, como ficarão os preços com a entrada da segunda safra de milho?

A pergunta WhatsApp-Image-20160609 (2)é feita por muitos produtores rurais e muitos membros da indústria. Enquanto um olhar está voltado para o mercado, o outro está no rendimento das lavouras, especialmente depois da onda de geadas que atingiu produções do Paraná, estado que é o segundo maior produtor de grãos do país. O agricultor e telespectador do Mercado&Cia, Luis Antonio Gregol, de Ampere (PR), enviou a imagem de pedrinhas de gelo cobrindo a espiga. Metade da lavoura dele foi atingida e terá estragos. Embora haja receio de produção ainda menor por conta de problemas climáticos registrados em outras partes do Brasil, os preços começaram a ceder.

“O mercado do milho está começando a mostrar pressão de baixa e os negócios começando a surtir efeito. A pressão na linha negativa vem dos compradores que agora aproveitam da situação do aumento da oferta e da inviabilidade de novas exportações. Já há negócios com milho do centro-oeste junto ao consumidor do Rio Grande do Sul nos R$ 50,00 por saca mais ICMS, sendo que os níveis do milho local estavam na faixa dos R$ 62,00”, explica Vlamir Brandalizze, diretor da Brandalizze Consulting.

A pressão negativa nas cotações não deve ter muito fôlego, na opinião da analista da Tendências Consultoria, Amaryllis Romano. “Na verdade você tem esse movimento de queda quando começa a entrar a safra e a disponibilidade fica um pouco maior, aí tem uma sossegada na evolução dos preços. Tem que saber se as exportações vão continuar aquecidas, se voltar a exportar com o vigor que tivemos em abril, algo jamais visto para a época do ano, se isso for acontecer o preço tem suporte acima do que está agora. A gente imagina que vai ter uma discreta acomodação, mas ele volta a subir”, explicou em entrevista ao Mercado&Companhia.

As exportações vão continuar firmes porque o mercado de milho mudou fortemente nos últimos anos e o Brasil se tornou um dos grandes participantes do mercado mundial, de acordo com levantamento da consultoria americana FCStone.

“O mundo hoje conta com parte da nossa exportação, uma vez que caso o Brasil não exporte um volume grande de milho essa demanda muito possivelmente se volta para os Estados Unidos. Demanda maior nos EUA, estoque menor. Estoque menor, preço na bolsa de Chicago sobe e se sobe impacta o preço do milho no porto do Brasil e consequentemente puxa os preços no interior. , destacou o analista de mercado, Etore Baroni.

image015

O gráfico elaborado pela FCStone mostra a relevância do Brasil no mercado mundial do grão. Para Baroni, a disputa pelo milho brasileiro estará cada vez mais acirrada entre indústria e exportação.

“A indústria terá de buscar instrumentos para manter e disputar o milho do mercado interno com uma nova realidade, uma nova demanda, que é a exportação. Na minha opinião, essa situação de disputa de mercado interno x exportação ser tornará cada vez mais forte o que obriga ajustes de todas as partes”, concluiu.

A produção brasileira de grãos na safra 2015/2016 vai ser de 196,5 milhões de toneladas, 5,4% menor do que no ciclo anterior, de acordo com Levantamento da Safra divulgado pela Conab nesta quinta-feira. A queda é resultado dos problemas climáticos que atingiram a produção de milho primeira e segunda safra. A segunda safra que está começando a ser colhida no Brasil deverá ter 4,6 milhões de toneladas a menos do que o previsto inicialmente, totalizando 50 milhões de toneladas.
Canal rural
PUBLICIDADE:
11745577_1615540182038350_7386744584170395597_n
INMOBILIARIA CAPITANBADO:VENHA FAZER UM BOM NEGOCIO.!!
Inmobiliaria CAPITANBADO oferece serviços exclusivos para você que está em busca de um imóvel para comprar ou alugar. Além de poder pesquisar em nossa base de dados, você conta com diversas ferramentas que vão lhe ajudar na busca do seu imóvel. Aproveite!
Inmobiliaria CAPITANBADO conta com dezenas de ofertas de casas, apartamentos, chácaras, sítios, fazendas, terrenos e conjuntos comerciais. Essas ofertas são enviadas e atualizadas diretamente pela imobiliária, corretores, por esse motivo, temos a maior variedade de propostas em imóvel para todo tipo de cliente.
ACESSE http://www.capitanbado.com/inmobiliaria/

Comentarios

Más popular

Arriba