Economia

Expansão agrícola em áreas de pastagem é tema de Dia de Campo na Dinapec

Por: Folha de Dourados

Roteiro tecnológico será conduzido pela Fundação MS durante o evento
TURU REMATE.
PUBLICIDADE

A Fundação MS participa da 12ª edição da Dinapec – Dinâmica Agropecuária, conduzindo o roteiro tecnológico “Expansão agrícola em áreas de pastagem em Mato Grosso do Sul”, que será abordado durante um Dia de Campo, nesta quinta-feira (9). O evento, realizado pela Embrapa Gado de Corte e que leva anualmente ao público as últimas novidades do setor agropecuário, teve sua cerimônia de abertura realizada na manhã desta quarta-feira (8), em Campo Grande, e segue até dia 10.

Para o presidente da Fundação MS, Luis Alberto Moraes Novaes, o evento é representa uma oportunidade para produtores, acadêmicos e demais profissionais ligados ao agro, de aprimorarem seus trabalhos, por meio da difusão de tecnologias. “A parceria das instituições de pesquisa com a Embrapa auxilia na potencialização dos resultados e estimula o crescimento do setor, o que traz benefícios para toda a cadeia produtiva de nosso Estado”, enfatiza Novaes.

Ao todo, a instituição terá quatro estações de repasse de conhecimento na feira. “Vamos tratar de temas ligados à implantação do componente agrícola em áreas de pastagens, geralmente em degradação, situação que tem sido muito frequente em MS e estamos vivenciando por meio de nossa parceria na unidade de Campo Grande”, afirma o diretor-executivo da Fundação MS, Alex Melotto.

A programação do Dia de Campo traz temas como a “Escolha e posicionamento de variedades de soja para a expansão agrícola de MS”, ministrado pelo pesquisador Carlos Pitol; “Controle de pragas e doenças da cultura da soja”, em palestra realizada pelo pesquisador José Fernando Grigolli e, por fim, o tema “Calagem e fosfatagem para a implantação da soja” e “Inoculação da soja para plantio em áreas de pastagens”, abordado por Douglas Gitti.
EXPO CANINDEYU
PUBLICIDADE:

Outros temas também serão abordados durante os três dias de evento, por meio dos roteiros tecnológicos. Entre eles, estão: Integração Lavoura-Pecuária (ILP), Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), Manejo e Recuperação de Pastagens dentro do Contexto do Programa ABC, Melhoramento Animal, Novas Cultivares Forrageiras, Ovinocultura, Produção e Qualidade do Leite, Sanidade Animal, + Precoce: Tecnologias para Produção de Novilhos Precoces, Produção sustentável de leite com ênfase na agricultura familiar. Além disso, serão realizadas 13 oficinas.

A realização da Dinapec conta com o apoio das seguintes instituições: Fundação MS, Fundação Chapadão, Senar/MS, Sebrae, Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal, Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural, Geneplus, Sistema Brasileiro do Agronegócio, Agrobrasil TV, DBO, Secretaria de Estado de Produção e Agricultura Familiar, Fundect, CNA Brasil e Sindicato Rural de Campo Grande. O patrocínio é da Associação para o Fomento à Pesquisa de Melhoramento de Forrageiras (Unipasto), do Banco do Brasil, Sicredi e da Companhia Nacional de Nutrição Animal (Connan).

Além da Embrapa Gado de Corte, as Unidades da Embrapa presentes na Dinapec são: Embrapa Agropecuária Oeste, Caprinos e Ovinos, Florestas, Gado de Leite, Pantanal, Pecuária Sudeste e Recursos Genéticos e Biotecnologia.

Mais informações podem ser obtidas no site https://www.embrapa.br/dinapec-2017.

==========================
JL MAT CONSTRUCAO.
PUBLICIDADE

================================

Comentarios

Más popular

Arriba