Economia

Dólar encosta em R$3,50. Vai subir mais?

Os investidores continuam reagindo à vitória de Donald Trump nas eleições americanas. O dólar abriu em forte alta e já se aproxima de R$ 3,50 no mercado à vista. Na manhã desta sexta-feira a máxima registrada foi de R$ 3,492. No contrato futuro para dezembro a moeda ultrapassou os R$ 3,51. Neste momento, há nova tendência de alta ou é euforia e logo o dólar cai de novo? O Blog ouviu a opinião de alguns economistas, veja o que eles dizem:
PUBLICIDAD:
15027657_1288447807880486_7259182058146149011_n

Ricardo Amorim – economista e presidente da Ricam Consultoria

– “com a vitória do Trump e um risco de uma potencial recessão global, crise financeiro global somada a preocupações no Brasil que acusações com relação a Michel Temer e eventual avança do processo do TSE de cassação da Chapa possam fazer com que as reformas tanto da PEC dos gastos quanto a reforma da previdência não avancem a gente teve uma reversão da tendência de queda do dólar que vinha desde o começo do ano, enquanto essas duas preocupações continuarem dominando o dólar continua a subir e se elas forem afastadas a gente volta para a tendência anterior. Agora é cedo demais para a gente saber qual vai ser o caminho”, Ricardo Amorim – economista e presidente da Ricam Consultoria

Jason Vieira – economista Infinity Asset

– “O dólar está subindo em relação a todas as outras moedas no mundo, a exceção da libra e do ien. É o efeito Trump no mercado. Há uma grande dúvida se essa tendência de alta vai continuar. A certeza é que os países emergentes podem sofrer mais que os demais”,

PUBLICIDADE:
14063924_631536427011669_8506645499090415380_n

Economista –chefe do Banco Fibra, Cristiano Oliveira.

– Com a eleição do Trump ouve uma mudança nas condições do mercado global de cambio e o mercado está se adequando a essa mudança. Essa depreciação que estamos vendo do real veio para ficar. A questão é qual é o novo patamar da taxa de câmbio, nesse momento é difícil dizer. Para 2016 o dólar deve fechar muito próximo do que está agora entre R$ 3,40 a R$ 3,50. Existe um cenário para 2017 em que a liquidez internacional diminuía drasticamente e ai a gente pode ver R$ 4 por dólar, mas não é o mais provável na minha visão.

Francisco Matturro – Vice-Presidente da Associação Brasileira do Agronegócio

– O dólar dificilmente irá a R$ 3.50 (seria ótimo) mas os fundamentos da economia não indicam essa direção. O Brasil continua extremamente atrativo para os investidores estrangeiros, sobretudo agora com o Trump eleito. As altas de agora não se sustentam”
.canalrural.com.br
Mais atualizações em breve.

PUBLICIDADE.
13735183_1060543784022323_1867334286_n

Comentarios

Más popular

Arriba