Economia

Basilar fecha fábrica de macarrão e demite 215 funcionários

Segundo empresa, decisão foi tomada devido ao ‘agravamento da crise’.
Companhia vai concentrar produção em unidade de São Caetano do Sul.

A empresa de massas alimentícias Basilar anunciou na sexta-feira (18) o fechamento da fábrica em Jaboticabal (SP). Segundo a assessoria de imprensa da empresa, 215 funcionários foram demitidos e a unidade ficará concentrada apenas em serviços de distribuição de produtos.
De acordo com a Basilar, o “agravamento da crise econômica brasileira” fez com que ficasse inviável a manutenção de duas fábricas da empresa no Estado de São Paulo.
Com o fechamento da unidade de Jaboticabal, a produção de macarrão será realizada exclusivamente na unidade de São Caetano do Sul (SP).
Segundo a empresa, a transferência da produção de massas para a unidade de São Caetano fez com que quase 50% do quadro da companhia em Jaboticabal fosse cortado. Outros 242 funcionários serão mantidos nos serviços de comercialização e distribuição dos produtos.
A escolha da manutenção da unidade de São Caetano é justificada pela modernização da planta, com recursos tecnológicos mais novos, para garantir a produtividade da empresa com o funcionamento de apenas uma fábrica.
A empresa informou que está dando suporte aos funcionários demitidos. “Ciente de sua responsabilidade social, a empresa está oferecendo um pacote de benefícios aos colaboradores desligados, além das verbas rescisórias previstas em lei”, disse em nota.
Fundada em 1964 como um pequeno pastifício em Jaboticabal, a Basilar atualmente é controlada pela M. Dias Branco S/A, de Fortaleza (CE).G-1

Comentarios

Más popular

Arriba