Economia

A lição da safra de soja 2015/2016

Ano após ano, os agricultores brasileiros aprendem algo novo na cultura da soja. Qual foi grande aprendizado desta safra para você?
PUBLICIDADE:
empresa_banner

Algumas safras deixaram verdadeiras marcas na historia do cultivo da soja no Brasil. Podemos listar alguns momentos, como o cancro da haste, o nematóide de cisto, a ferrugem asiática, a Helicoverpa armigera e o ano safra 2010/2011, marcado pelo maior rendimento médio de soja: 3115 kg por hectare. Todos esses episódios deixaram um aprendizado.
PUBLICIDADE:
outdoor-strida 3

Nesta safra, era sabido que seria um ano em que o clima seria bem afetado pelo fenômeno do El Ninõ, que promoveu muita chuva no Sul do país e uma longa estiagem nas regiões Centro-Oeste e Norte. Previa-se que volumes de chuvas no Sul e período de estiagem no centro-norte brasileiro seriam as maiores do que os já registrados em qualquer outro ano de ocorrência do fenômeno.

• Leia ao artigo anterior: Dessecação pré-colheita, sim ou não?

Para cada estado, região e ate localidade produtora de soja no Brasil, há um calendário indicando os melhores períodos de semeadura. Períodos em que provavelmente se obtém os melhores rendimentos para determinadas variedades, desde que ocorram condições climáticas favoráveis.

Nesta safra, muitas decisões para semear a soja levaram em consideração apenas as informações dos “calendários”, não considerando as previsões climáticas. Na região Centro-Oeste e Norte ocorreram vários casos de replantio, o que custa muito. Houve também a semeadura de variedades não adaptadas a datas mais posteriores, perdas totais de lavouras.

Em geral, a soja não cresceu conforme o esperado, o numero de plantas por área ficou menor que o indicado para cada variedade e as condições de clima ofereceu condições para que determinadas pragas e doenças se se desenvolve com mais facilidade.

Não se apegar tanto ao calendário e mais ao que o céu “diz” talvez seja a principal lição. E para você, qual foi o grande aprendizado da safra 2015/2016?

FONTE: Áureo Lantmann Engenheiro Agrônomo Consultor Técnico do Soja Brasil

PUBLICIDADE:
FLORESTA-262x262

Comentarios

Más popular

Arriba