Brasil

As brasileiras que evitam e as que querem (muito) um filho

São Paulo — Seis em cada dez brasileiras de 18 a 49 anos de idade usam algum método para evitar uma gravidez. Por outro lado, quase 200 mil mulheres investem em tratamentos para ter um filho.
PUBLICIDADE;
banner-anuncie

As sulistas são as que mais fazem uso de contraceptivos — quase 74% das moradoras da região utilizam algum método. Já as nordestinas lideram quando o assunto é tratamento para fertilidade.

Em comum, essas mulheres têm o fato de morarem em zonas urbanas, de serem brancas, em sua grande maioria, e de terem concluído o ensino médio ou frequentarem uma faculdade.

Publicidade

Veja, abaixo, um retrato das mulheres que evitam ou desejam uma gravidez. Ao clicar nas legendas, é possível ver a diferença entre a população feminina que se encaixa em cada um dos perfis. Os dados são da Pesquisa Nacional de Saúde, divulgada no ano passado.

strong>publicidade:
inmobiliaria 2

Comentarios

Más popular

Arriba