Brasil

2016: de hoje a sexta-feira veja um belo espetáculo no céu

O ano de 2016 já se inicia com um belo espetáculo com uma rara conjunção no céu. Segundo Jair Barroso, astrônomo do Observatório Nacional e colaborador da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), no dia 7 de janeiro haverá o encontro entre os planetas Vênus e Saturno nas proximidades de Antares, a estrela mais brilhante da constelação zodiacal do Escorpião.
PUBLICIDADE:
outdoor-strida
Segundo Barroso, nesse período a Lua, a caminho da fase nova, irá complementar o quadro, tornando mais bonito o fenômeno. O astrônomo lembra ainda que tal formação é puramente perspectiva: “isto é, os astros estão apenas angularmente próximos”.

A visibilidade do fenômeno abrange todo o território nacional, e poderá ser bem apreciado por aqueles que tiverem o horizonte leste (lado onde o Sol nasce) livre de obstáculos, pouco antes de findar a noite, na madrugada de 7 de janeiro – explica.
Vizinho da Terra, Vênus é o planeta conhecido como Estrela D´Alva, quando aparece do lado leste antes do amanhecer. Ele é também o de maior brilho do nosso sistema solar. Já Saturno é o famoso planeta dos anéis, que podem ser vistos mesmo com pequenos telescópios.

O astrônomo sugere ainda que os observadores mais interessados acompanhem a evolução dessa conjunção nos dias 8 e 9 de janeiro, principalmente no último dia. “Será quando Vênus estará a uma distância angular muito pequena de Saturno, eventualmente eles vão parecer um único astro a olho nu”.

Uma conjunção desse tipo, ocorrendo nas proximidades da estrela Antares, incluindo também a Lua, somente tornará a ocorrer no final de 2045. Para facilitar a identificação dos astros, observe que Antares estará oposta à Lua tendo Saturno na posição intermediária. “Vênus será o astro de aparência estelar mais brilhante e fora do alinhamento citado”.
PUBLICIDADE:
FB_IMG_1450493732920-574x415

Comentarios

Más popular

Arriba